4 dicas para emagrecer após gravidez

1- Diminua o consumo de carboidratos

CarboidratoTodo carboidrato vira açúcar no sangue e quanto mais açúcar tivermos no sangue, maior o risco do corpo desenvolver diabetes. Os carboidratos fornecem energia, porém é uma energia de curto prazo, colocando o corpo a precisar comer a cada pouco tempo, sobrecarregando o pâncreas e criando uma série de problemas.

E para uma mulher depois da gravidez, consumir alimentos ricos em carboidratos pode ser muito prejudicial tanto para ela, tanto para o bebê que vai precisar dela para amamentar.

O importante é não parar de consumir carboidratos, mas saber qual tipo de carboidrato comer. Carboidratos integrais são os melhores para o consumo porquê mantem por mais tempo sua energia e evita os picos de açúcar no sangue, diminuindo então suas chances futura de sofrer com diabetes.

2- Consuma mais proteínas

O segundo passo é aumentar o consumo de proteína. Alimentos proteicos demoram mais tempo a serem digeridos e absorvidos pelo organismo. Por isso, prolongam a sensação de saciedade e reduzem a compulsão por carboidratos e doces.

As proteínas favorecem a construção de músculos, que aceleram o metabolismo e, por isso, queimam mais calorias. Além disso, as proteínas também ajudam na reposição das reservas de glicogênio nos músculos e no fígado, que são bastante utilizadas durante a atividade física.

Opte pelas proteínas magras, como peixes, aves, queijos brancos e ovos, e combine esses alimentos com os carboidratos integrais, por exemplo.

Vale destacar que você consumindo mais proteínas, o seu leite ficará mais saudável para o bebê.

3- Praticar exercícios de alta intensidade

Exercícios de alta intensidadeQuando o assunto é ser uma mamãe sarada, os exercícios de alta intensidade são os melhores nesse quesito.

O treinamento intervalado de alta intensidade é um treino intensidade total, empurrando seu corpo aos limites. Por esse motivo, é importante permitir uma abundância de tempo de recuperação entre os treinos. Por um lado isso é ótimo, pois exige menos tempo para praticá-los, já que não precisa fazê-los todo dia.

Uma ótima vantagem desses exercícios é que com eles você não precisará ficar longe do bebê, o motivo é que esses exercícios podem ser feitos na sua casa, pois os mesmos não precisam de aparelhos, já que sua execução é feita com o peso do seu próprio corpo.

Outra grande vantagem dos exercícios de alta intensidade é que o tempo gasto para sua execução é muito pequeno, 20 minutos já é suficiente.

Veja um exemplo desses exercícios:

4- Consumir mais água

Você mamãe já deve saber a importância e contribuição da hidratação na gravidez para um estado ótimo de saúde da mãe e para o desenvolvimento saudável do bebé.

Mas o que poucos falam é que depois da gravidez, essa hidratação é muito importante, pois quando mais hidratado seu corpo, mais saudável o leite ficará para o bebê.

Um dos benefícios da água é ela purifica o organismo, ajudando o corpo a se desfazer das quantidades desnecessárias de iodo, evitando assim todo tipo de infecção no trato urinário da mulher.

E em questão de beleza, a água melhora o estado da pele da mulher, que aparece muito mais sadia, hidratada e limpa.

E não esqueça de hidratar se bebê, pois a água é um elemento fundamental na constituição das células e de todos os órgãos do corpo do bebé. 😉